Doria determina shoppings fechados em SP, mas recua e fala em recomendação

18 de março de 202017950
Governo do Estado recomenda fechamento de shoppings e academias da próxima segunda-feira 23, até o fim de abril

O governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (18) o fechamento de todos os shoppings centers da capital paulista e da região metropolitana de São Paulo para deter a propagação do coronavírus. Os shoppings tem até a próxima segunda-feira (23) para fechar as portas. O fechamento deve durar até o dia 30 de abril. A medida não se aplica a shoppings do interior e do litoral, apenas da Grande São Paulo.
Academias de ginástica na Grande SP também devem ter as operações encerradas até o próximo domingo (22), disse o governador em entrevista coletiva. O governador destaca ainda que aglomerações em praias e clubes não são recomendadas e que idosos devem evitar sair de casa.
“Essa medida foi muito dialogada com o setor e foi entendido que a prioridade é o bem estar das pessoas. O mais importante é evitar aglomerações. O foco é termos o combate ao coronavírus. Foi um trabalho dialogado e planejado para que seja feito sem pânico e priorizando o bem estar da população e o bem estar dos profissionais que trabalham nestes espaços”, disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do estado.
“O Governo de São Paulo age de forma responsável e amparado nas informações do Centro de Contingência. As pessoas têm tido visão solidária e responsável em relação a esse problema”, afirmou Doria. “O Governo age de forma sensata e equilibrada, entendendo a gravidade dessa pandemia. É uma questão de saúde pública”, frisou.
A paralisação das atividades não se estende a estabelecimentos do interior e do litoral do Estado. A medida foi tomada após discussões com representantes dos dois setores e avalizada por especialistas do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, coordenado pelo médico infectologista David Uip.
Os detalhes sobre a aplicação da medida anunciada no Palácio dos Bandeirantes serão publicados em decreto no Diário Oficial do Estado desta quinta (19). O Governador disse que conta com o apoio de toda a sociedade para o cumprimento da paralisação.
A partir da publicação do decreto, os grupos proprietários de shoppings e academias poderão discutir com lojistas e franqueados as formas mais adequadas para que o atendimento ao público seja interrompido.
A meta é que os shoppings e academias da Grande São Paulo estejam totalmente fechados a partir da próxima segunda (23). O Estado recomendou que empresários e lojistas concedam férias coletivas a funcionários durante o período de paralisação e evitem demissões.
“A nossa recomendação é para que os empregadores não demitam e preservem os empregos. O coronavírus não se eterniza, ele tem um prazo determinado”, declarou Doria. “Faço um apelo como Governador para que empregadores não se precipitem e estabeleçam condições adequadas para antecipar férias”, acrescentou.
A Secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, declarou que o Governo de São Paulo continuará ouvindo o setor privado para futuras decisões. “O foco agora não é maximizar a receita dos shoppings, é maximizar o bem estar da população que frequenta os shoppings e dos funcionários. É um momento que exige muita solidariedade e planejamento.”
O Governador disse que outros estabelecimentos comerciais, como bares, lanchonetes, restaurantes e padarias estão liberados para funcionar normalmente, mas que as medidas de enfrentamento ao coronavírus são revisadas diariamente.
Uma eventual recomendação para redução parcial ou total de outras atividades econômicas poderá ser decidida a qualquer momento, segundo avaliação do Centro de Contingência. “A prioridade absoluta é salvar vidas, mas também preservar a economia”, concluiu Doria.

Fonte: g1/SECOM/SP
editado às 16h59

Alexandre Bueno

Jornalista/Editor Geral


Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br