Megaferiado prolongado de 10 dias na capital SP

18 de março de 20217060
Prefeitura antecipa feriados para estimular isolamento social, conter pandemia e evitar colapso dos sistemas públicos e privados em SP

O prefeito Bruno Covas anunciou nesta quinta-feira (18) várias medidas para conter a escada da pandemia na cidade e evitar o colapso das redes pública e privada de saúde. Cinco feriados municipais – dois deste ano e três de 2022 – serão antecipados a partir de sexta-feira (26/03) e serão encerrados no domingo (04/04), incluindo a sexta-feira Santa e a Páscoa. No total, serão 10 dias consecutivos. Além disso, Covas determinou a alteração do rodízio de carros para intensificar o toque de recolher, abertura de 640 novos leitos para atendimento da Covid-19, liberação da Renda Básica Emergencial a partir da próxima semana e a intensificação do programa de distribuição de refeições para pessoas em situação de rua.

“Não há ação isolada do poder público que tenha o efeito desejado sem a participação da população. Isso serve para a antecipação de feriado, lockdown ou qualquer medida feita pela Prefeitura ou Governo do Estado. Mais importante do que qualquer medida é a conscientização da população. Não dá mais para termos um jovem de 22 anos – que em 48 horas – vem a óbito porque não consegue ser atendido em um leito de UTI aqui na cidade de São Paulo. Esta é uma responsabilidade compartilhada”, disse o prefeito.

A antecipação dos feriados segue como aconteceu em 2020, quando grande parte da população permaneceu em casa, ajudando a conter a pandemia, forçando a cidade a parar, pois quanto mais pessoas circulam, maior é a possibilidade de serem infectadas ao mesmo tempo, provocando a sobrecarga em todo o sistema de saúde, seja ele público ou particular.

“A cidade que nunca parou, a cidade que trabalha, a cidade que é a soma do esforço de vários migrantes e imigrantes que para cá vieram em busca de trabalho, precisa parar”, afirmou Covas. “Precisa parar para que a gente não tenha mais casos como esses de pessoas que não conseguem ser atendidas e vêm a óbito por falta de atendimento. A vacina está chegando e esse esforço extra é necessário para que a gente possa avançar nesse momento tão difícil”, ressaltou.

Os feriados que serão antecipados são:

Corpus Christi – 3 de junho de 2021

Consciência Negra – 20 de novembro de 2021

Aniversário da cidade – 25 de janeiro de 2022

Corpus Christi – 16 de junho de 2022

Consciência Negra – 20 de novembro de 2022

640 novos leitos

A rede municipal será ampliada com a criação de mais 640 leitos (UTIs e enfermarias) para pacientes com covid-19 na capital paulista. Esses novos leitos serão criados nos Hospitais do Jabaquara, na Zona Sul, de Itaquera, na Zona Leste, e no vereador José Storopolli, na Vila Maria, Zona Norte.

O secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, explicou que, mesmo com os esforços já realizados – abertura de leitos dos Hospitais Dia, UPAs, entre outras ampliações – a cidade de São Paulo está em seu pior momento desde o início da pandemia por causa da pressão sobre os sistemas de saúde público e privado. Aparecido acrescentou, também, que todo o empenho acumulado da Prefeitura e da secretaria estadual da Saúde estão sendo insuficientes diante gravidade da situação e transmissibilidade do coronavírus.

“O esforço acumulado da Prefeitura e da Secretaria Estadual de Saúde, está se tornando insuficiente em função da gravidade do momento, da transmissibilidade da doença, da pressão das internações para que a gente possa resistir nesses próximos 15 dias e conseguir atender todos aqueles que precisaram de tratamento, como sempre fizemos”, disse o secretário municipal da Saúde Edson Aparecido, justificando a necessidade urgente do isolamento social.

Alteração do rodízio

O prefeito também anunciou que a partir da próxima segunda-feira (22), o horário do rodízio para veículos na cidade será alterado, liberando a opção do carro na parte da manhã (7h às 10h) e da tarde (17h às 20h), de acordo com o final da placa de cada veículo. Com isso, o rodízio passará a valer de acordo com o toque restrição, das 20h às 5h.

Covas disse que está somando esforço com o governo do Estado para evitar a circulação de pessoas no período noturno e, assim, espera que as pessoas, mais do que receio de qualquer fiscalização, entendam que esse é o momento de uma ação coletiva contra o coronavírus. “Eu, que enfrento uma doença e que luto para estar vivo a cada dia, queria que cada um da cidade possa pensar na sua saúde, na saúde do seu semelhante, da sua família, dos seus amigos e vizinhos. As nossas ações têm consequências. Se você pega o vírus pode levar isso para dentro de casa, contaminar algum ente querido.”

Veja mais matérias em nosso portal

 

 

Alexandre Bueno

Jornalista/Editor Geral


Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br