SP realizou a maior corrida feminina do Brasil

9 de março de 202016850
Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Corrida da Mulher SP reuniu 16 mil pessoas e ofereceu diversos serviços à população em geral

O Governador João Doria deu a largada, na manhã deste domingo (8), à Corrida da Mulher SP, maior evento esportivo feminino do país, que recebeu 16 mil participantes no Parque do Ibirapuera.
“É a maior corrida de mulher já realizada no Brasil, 16 mil mulheres inscritas. Isso porque o limite era para 16 mil. Hoje é o Dia Internacional da Mulher, é o dia da solidariedade à mulher, é o dia da igualdade, da responsabilidade e dos direitos da mulher”, disse Doria.

Governador João Doria dando a largada da corrida

No circuito de 10 km, a vencedora da prova foi Maria Silvania da Silva, enquanto que no de 5 km quem levou a melhor foi Daniela Lavignatti. Entre as pessoas com deficiência, Yasmin da Silva foi a primeira colocada nos 10 km e Christiane Tanikawa ficou no primeiro lugar do pódio nos 5 km.
A Secretaria de Turismo premiou as vencedoras com viagens para pontos turísticos paulistas. O evento contou ainda com shows das artistas Fafá de Belém, Bebé Salvego, Luiza Possi, Leila Pinheiro, Roberta Sá, Elba Ramalho e Paula Lima, enquanto Claudia Leitte fechando o evento. Todos os shows são realizados em parceria com a Orquestra Jazz Sinfônica Brasil, sob o comando da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.
O megaevento que reúne esporte, saúde, inclusão social, shows e muitos serviços destinou a arrecadação total da taxa de inscrição para a compra de material de ajuda humanitária às vítimas das chuvas extremas que atingiram a Baixada Santista na última semana. O valor total deve superar a cifra de R$ 400 mil.

Ana Luiza “Animal” exibe seu troféu ao lado do Governador

Serviços oferecidos à população
As participantes da corrida e o público em geral teve à disposição quatro carretas do Programa Mulheres de Peito e quatro tendas Espaço Saúde. Foram oferecidos exames gratuitos de mamografia para mulheres com idade entre 50 e 69 anos.
No Espaço Saúde, foram apresentadas campanhas contra sarampo e febre amarela. O público também pôde fazer medição de níveis de tabaco no organismo e testes rápidos de sífilis e HIV. No local, profissionais de saúde forneciam informações sobre o coronavírus, arboviroses – dengue, zika, chikungunya e febre amarela – e saúde da mulher.
A Secretaria de Desenvolvimento Social apresentou serviços de proteção social e informações de prevenção ao uso de álcool e outras drogas. Os programas estaduais Bom Prato, Viva Leite, Recomeço e Espaço Brincar também têm painéis específicos.
O Fundo Social de São Paulo, por meio da Escola de Beleza, Estética e Bem-Estar, ofereceu pintura gratuita de unhas. O programa Solidariedade em Fios, com apoio da Prodesp, coletando cabelo para doação. O Fundo também arrecada produtos de higiene e fraldas para as vítimas das fortes chuvas na Baixada Santista.
Profissionais da Secretaria da Justiça, Procon e Defensoria Pública do Estado oferecem atendimento jurídico gratuito ao público de baixa renda. Uma parceria com a Uninove e o Ipem (Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo) levou ao Ibirapuera serviços de hidratação facial, massagem e avaliação postural, nutricionista com medição de peso e altura, além de emissão de segunda via de certidões de nascimento, casamento e óbito.
Além de reforço no efetivo da Polícia Militar para a segurança e organização do evento, a Secretaria da Segurança Pública mantém um posto móvel da Delegacia de Defesa da Mulher no Ibirapuera.
A Sabesp ofereceu água potável a todas as participantes da corrida. Profissionais da empresa também explicavam ao público o funcionamento do programa de despoluição do rio Pinheiros.
A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência expôs os programas Moda Inclusiva e Mulheres com Deficiência. Uma intérprete de libras traduziu os discursos das autoridades e uma palestra da jornalista e sexóloga Laura Müller para o público com deficiência auditiva.
A Secretaria de Turismo ofereceu produtos gastronômicos e viagens a pontos turísticos do Estado às vencedoras da corrida. A pasta montou um estúdio fotográfico com cenários paulistas para impulsionar a divulgação de destinos turísticos de todas as regiões de São Paulo.

Alexandre Bueno

Jornalista/Editor Geral


Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br