conseg1-1.jpg

3min2710

Na noite da última quarta-feira (26), foi empossada oficialmente no 21º DP de Vila Matilde, a diretoria reeleita por aclamação para o biênio 2021/2023 do CONSEG Vila Matilde. A solenidade foi presidida pelo Delegado Titular do 21º DP, Dr. Antonio Tadeu Rossi Cunha, e o Comandante interino da 3ª Cia. do 8º BPM/ CPA-11, Tenente PM Anselmo Bianchini.

A seguir, foi realizada uma breve reunião presencial, na sede da Sociedade Amigos de Vila Matilde, onde estiveram presentes o Comandante da Guarda Municipal da região, inspetor José Lino, o Sr. Flávio Sol, Subprefeito da Penha, Luiz Almeida, representando a CET, e importantes líderes comunitários.

Presidido pelo empresário Mauro Borges, criador das campanhas Droga Mata e Vizinho Legal, o CONSEG da Vila Matilde é considerado pelo Dr. Evaldo Coratto, Coordenador Estadual dos Consegs, um dos melhores e mais atuantes dentre os mais de 400 Conselhos de Segurança do Estado de São Paulo.
Foi registrado na ata Votos de Congratulações e Reconhecimento Público, para o novo Subprefeito da Penha, Flávio Sol, Inspetor da GCM José Lino, Vereador João Jorge, Sociedade Amigos de Vila Matilde, Lions Clubes, Rotary Clubes, Escola de Samba Imperatriz da Paulicéia e Diretores e funcionários da Allibus Transportes.

Conseg reunião presencial
Diretoria reeleita e convidados na 1ª reunião presencial em 2021
A diretoria do CONSEG Vila Matilde ficou assim constituída:

Mauro Borges Malta. Presidente;
Florisvaldo Ferreira dos Santos, Vice-presidente;
Lúcia de Fátima Santos Malta, 1ª Secretária;
Manoel Messias de Souza, 2º Secretário;
José Roberto Barbosa, Diretor Social.

O lema de trabalho da diretoria reeleita será: RECOMEÇAR É PRECISO!

Fotos: MB Filho

Veja mais matérias em nosso portal


vereador-Andre-Santos.jpg

2min4461

No último dia 11, o vereador André Santos (Republicanos) recebeu em seu gabinete, na Câmara Municipal de São Paulo, Haroldo Lago (Jornal dos Bairros), Alexandre Bueno (SP Regional) e Wilson Borges (Destaque SP), diretores de veículos de mídias regionais (jornais de bairro e plataformas digitais), um importante elo de ligação entre o poder público e as comunidades paulistanas.
Em sua fala, Haroldo, dono do Jornal dos Bairros, enfatizou “aproveito para parabenizar o vereador pela receptividade e dizer que dos 55 vereadores da cidade, o senhor foi o único que respondeu o e-mail e aceitou conversar com a gente”.
O vereador ouviu as demandas dos presentes e entendeu quando Alexandre Bueno trouxe a realidade da categoria “a mídia regional, como tantos outros serviços, tem sofrido com a pandemia e, principalmente, com o fechamento dos comércios locais, tivemos reflexo direto com a escassez de anúncios e, por isso, solicitamos um apoio e/ou fomento por parte do poder público para continuar com nosso importante trabalho de levar a informação, de forma gratuita, à população de São Paulo”, concluiu Bueno.
O vereador André Santos, reconheceu a importância desse segmento e se comprometeu em intermediar um encontro com o presidente da CMSP, Milton Leite (DEM) e com o novo prefeito Ricardo Nunes (MDB) para encontrar uma maneira de solucionar essa situação da mídia regional.

Foto: Ingrid Fausto

Veja mais matérias em nosso portal


Adriana-no-Centro-SP-1.jpg

4min8880

Adriana Lopes, historiadora dos bairros da zona leste de São Paulo, que em Novembro de 2019, em parceria com a Sociedade Amigos de Vila Matilde, lançaram a bandeira e o brasão do bairro, acaba de conquistar o 1º lugar no “Concurso Placas da Memória Paulistana” com os bairros da Penha e Cangaiba. As pesquisas tiveram início há sete anos com a “Batalha de Confete”, o resgate do carnaval de rua da Vila Esperança.

Adriana Lopes
Historiadora Adriana Lopes no acervo do ESTADÃO/SP

O concurso é do DPH- Departamento de Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal de Cultural de São Paulo que premiou os dois bairros com placas que contarão parte da história e serão instaladas em espaços de memória com significado para os moradores da região, diz a historiadora.

Cangaíba

O Cangaiba será premiado com as placas, CANGAÍVA, termo localizado em documentos do século XIX que altera a história do bairro, cuja placa será instalada em um dos mais antigos comércio da região, o Magazine Silvina, e a placa, CACIQUE PIQUEROBI, líder Guaianá e defensor das terras do Cangaiba, à época da Guerra Piratininga, no século XVI, cuja placa será instalada no Parque Linear Tiquatira, nas margens do rio Tiquatira onde viviam as tribos Guaianá de Ururaí.

Penha

Já o bairro da Penha será premiado com as placas, CERVEJA DA PENHA, a primeira cerveja a ser fabricada e comercializada na cidade de São Paulo, em meados do século XIX, a ser instalada no Bar do Jão, tricampeão da Comida di Buteco, e a placa BATALHA DE CONFETE DA VILA ESPERANÇA, o primeiro carnaval de rua da zona leste que surgiu na década de 20, iniciado por imigrantes espanhóis que chegaram à região, com placa a ser instalada no tradicional Ponto de Cultura da Tia Gê, cujo Bloco Chorões da Tia Gê é o mais antigo a desfilar, completando 50 anos de desfile em 2022.

A historiadora está feliz com as pesquisas que possibilitaram a excelente pontuação que a levaram ao 1º lugar do concurso e espera diante do resultado ter apoio da população para a divulgação dessa importante conquista e de apoiadores e patrocinadores para que as pesquisas não se percam e possam ser ferramenta para inclusão cultural e referencial teórico para as futuras gerações.

Veja mais matérias em nosso portal

 

 


roubo-carro-1280x853.jpg

2min37032

A avenida Aricanduva aparece na primeira posição no ranking de vias com maior número de roubos de veículos em São Paulo. Os dados são da SSP, (Secretaria de Segurança Pública) referentes aos meses de janeiro a outubro comparado ao mesmo período do ano de 2019, divulgados com base em boletins de ocorrência.

O estudo mostra ainda, os horários em que os crimes costumam acontecer. Os maiores índices foram registrados entre sextas-feiras e domingos. Cerca de 50% dos roubos. Segundo o estudo, 52% dos roubos acontecem entre as 18h e 00h.

Além da Aricanduva, outras três avenidas da zona leste aparecem na pesquisa sobre roubo de veículos, são elas: avenida Sapopemba, avenida Rageb Chohfi e avenida Jacú Pêssego.

Segundo a PM, essas regiões são conhecidas por suas lojas de auto-peças. Muitas delas funcionam como desmanches ilegais.

A PM ainda recomenda aos compradores sempre solicitar a nota fiscal de qualquer item em lojas de peças automotivas.

Ainda segundo dados da SSP, o número de casos registrados de roubo de veículos teve queda de 35,8% entre os meses de janeiro a outubro, comparados ao ano de 2019. Segundo a PM, a queda pode ter relação com a diminuição do movimento provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública
noticias.R7.com

Veja mais matérias em nosso portal



Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br