pastel-1280x853.jpg

3min2870

O NECAV (Núcleo Esperança no Caos Amor pelas Vidas), ONG localizada na Zona Leste/SP, realizou neste mês de março a sua 1ª Festa do Pastel com objetivo de angariar fundos para manter os projetos sociais, que há 4 anos, vem mudando a vida de muitos jovens carentes da região.

Em entrevista à nossa reportagem, o presidente da entidade, Michel Romanovas, fez questão de enfatizar a importância dessa ONG na vida dessas pessoas, pois antes mesmo de criar essa entidade – sem fins lucrativos – ele e sua esposa Márcia Romanovas, já faziam trabalhos voluntários para ajudarem moradores em situação de rua e, através desse trabalho, resolveram criar oficialmente uma ONG e ter seu CNPJ para poder oferecer a outras pessoas muito mais do que comida, como educação, autoestima, qualidade de vida e oportunidades de emprego.

“Fico feliz de ver o resultado de nosso trabalho dando frutos, pois ainda vamos implantar em breve um projeto voltado às mulheres que sofrem ou sofreram violência doméstica, ou que ficaram viúvas e, muitas vezes, não têm condições de criarem seus filhos, muito menos de ter autoestima, divulgaremos como será feito o cadastro através de nossas redes sociais ou pelo nosso site”, concluiu Romanovas vice-presidente da entidade.

O consultor comercial, Wilson Brandão, que faz parte da Diretoria e um dos fundadores do NECAV, convidou nossa reportagem para acompanhar o trabalho social da ONG e informou que a entidade, faz vários trabalhos sociais e que além da alfabetização, aulas de música para jovens, ainda prestam  assistência social à alguns moradores de rua da maior cidade da América Latina.

Boa parte dos ingredientes para a realização desta festa do pastel, foi doada por parceiros e colaboradores da entidade.

Se você quiser conhecer melhor o trabalho do NECAV ou fazer doações, entre em contato pelo site da entidade:
www.necav.com.br


basilica-penha-e1582132081596.jpg

2min6380

A comunidade Canção Nova em São Paulo promoverá, em pleno sábado de carnaval (22), na Basílica Nossa Senhora da Penha, uma Vigília com tema: “Para que a vossa alegria seja completa” (Jo 16, 24). A programação tem início às 21h, com oração do terço, segue com cânticos, missa, pregação e encerra com Adoração ao Santíssimo, às 4h da madrugada do domingo (23). O evento conta com as participações dos missionários da comunidade, padre Anderson Marçal e Thiago Tomé; e padre Diogo Albuquerque, da diocese de Bragança Paulista. Para participar não é necessária inscrição, apenas trazer 1kg de alimento não perecível. Com capacidade para acolher 2 mil fiéis.


Local:

Basílica Nossa Senhora da Penha
Rua Santo Afonso, 199, Penha – ZL/São Paulo.   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Bloco-SP.jpg

4min4830

Milhões de pessoas já estão se preparando para o carnaval. Blocos de rua, trios elétricos ou no sambódromo, a época mais aguardada pelos brasileiros, também é o período com maior registro de roubos e furtos, as pessoas precisam ficar muito atentas durante a diversão, mas também no deslocamento para as ruas que passarão os blocos.
O especialista em segurança do GRUPO GR, Rogério Rodrigues, separou algumas dicas de segurança para essas duas situações: no trajeto e durante a folia. Confira!

Indo e voltando do bloquinho, trio elétrico e do sambódromo:
– Antes de sair de casa, estude as ruas que os blocos irão passar. Ao conhecer o trajeto, você está realizando um ato de prevenção;
– Se antes de sair você for retirar dinheiro em um caixa eletrônico, utilize somente os localizados em lugares mais movimentados, como shoppings ou hipermercados. Guarde a quantia com cuidado em local discreto e não o conte o valor em público;
– Evite ir para os bloquinhos e assistir aos desfiles sozinho, pois muitas vezes, ao retornar, você ficará mais vulnerável à ação de criminosos, tanto no transporte público quanto em veículo próprio. Combine com um grupo de amigos e familiares;
– Não ande com o celular à mostra em ruas e, principalmente, em transportes públicos (um dos locais onde os aparelhos são mais furtados);
– Ao retornar de transporte público, mesmo cansado, procure não dormir durante o percurso, pois os meliantes aproveitam-se deste momento para realizar o furto.

Durante o bloquinho, trio e sambódromo:
– Procure usar bolsas pequenas, estilo pochete e a mantenha sempre a vista, firme entre o braço e ao corpo, com a mão sobre o fecho e posicionada do lado da calçada. Para os homens, não deixe sua carteira no bolso de trás, pois ela pode ser alvo em meio aglomeração. O melhor seria optar por aquelas estilo cinto elástico (running belt), que podem ser usadas embaixo da blusa;
– Separe o dinheiro que você for usar e evite cartões, pois há muitos criminosos que se passam por ambulantes que acabam fazendo a troca dos cartões ou utilizam máquinas adulteradas;
– Os celulares hoje são um dos alvos preferidos dos meliantes, por isso, todo cuidado é pouco: evite muitas selfies ou dê uma olhada ao redor antes de fazer a pose;
– Se estiver com crianças opte pelos blocos menores, de bairros ou infantis. Identifique-as com o nome, endereço e telefone, de maneira bem visível, e procure ficar de mãos dadas. Se a criança se perder, a primeira coisa a ser feita pelo responsável é procurar pela segurança local.



Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br