Bloco-SP.jpg

4min23990

Milhões de pessoas já estão se preparando para o carnaval. Blocos de rua, trios elétricos ou no sambódromo, a época mais aguardada pelos brasileiros, também é o período com maior registro de roubos e furtos, as pessoas precisam ficar muito atentas durante a diversão, mas também no deslocamento para as ruas que passarão os blocos.
O especialista em segurança do GRUPO GR, Rogério Rodrigues, separou algumas dicas de segurança para essas duas situações: no trajeto e durante a folia. Confira!

Indo e voltando do bloquinho, trio elétrico e do sambódromo:
– Antes de sair de casa, estude as ruas que os blocos irão passar. Ao conhecer o trajeto, você está realizando um ato de prevenção;
– Se antes de sair você for retirar dinheiro em um caixa eletrônico, utilize somente os localizados em lugares mais movimentados, como shoppings ou hipermercados. Guarde a quantia com cuidado em local discreto e não o conte o valor em público;
– Evite ir para os bloquinhos e assistir aos desfiles sozinho, pois muitas vezes, ao retornar, você ficará mais vulnerável à ação de criminosos, tanto no transporte público quanto em veículo próprio. Combine com um grupo de amigos e familiares;
– Não ande com o celular à mostra em ruas e, principalmente, em transportes públicos (um dos locais onde os aparelhos são mais furtados);
– Ao retornar de transporte público, mesmo cansado, procure não dormir durante o percurso, pois os meliantes aproveitam-se deste momento para realizar o furto.

Durante o bloquinho, trio e sambódromo:
– Procure usar bolsas pequenas, estilo pochete e a mantenha sempre a vista, firme entre o braço e ao corpo, com a mão sobre o fecho e posicionada do lado da calçada. Para os homens, não deixe sua carteira no bolso de trás, pois ela pode ser alvo em meio aglomeração. O melhor seria optar por aquelas estilo cinto elástico (running belt), que podem ser usadas embaixo da blusa;
– Separe o dinheiro que você for usar e evite cartões, pois há muitos criminosos que se passam por ambulantes que acabam fazendo a troca dos cartões ou utilizam máquinas adulteradas;
– Os celulares hoje são um dos alvos preferidos dos meliantes, por isso, todo cuidado é pouco: evite muitas selfies ou dê uma olhada ao redor antes de fazer a pose;
– Se estiver com crianças opte pelos blocos menores, de bairros ou infantis. Identifique-as com o nome, endereço e telefone, de maneira bem visível, e procure ficar de mãos dadas. Se a criança se perder, a primeira coisa a ser feita pelo responsável é procurar pela segurança local.


orquestra-Dom-Bosco.jpg

2min23590

A “Orquestra Comunitária Universidade Brasil – Obra Dom Bosco Itaquera” fará seu primeiro concerto neste sábado (14), logo após a missa das 16h, na Igreja Nossa Senhora Aparecida, em Itaquera. A orquestra iniciou seus trabalhos em agosto, sob a batuta do maestro Jonicler Real, que vem desenvolvendo um repertório bastante eclético. E integra o projeto “Orquestra de Bairro”, de extensão universitária da Universidade Brasil em parceria com a Obra Dom Bosco Itaquera, que é liderada pelo padre Rosalvino.
Com duração de cerca de 20 minutos, a apresentação de estreia da orquestra, hoje com 10 integrantes, vai passear por arranjos de obras de Haendel, Charpentier, Villa-Lobos (folclore brasileiro), uma graciosa canção de Natal do folclore espanhol e ainda trechos da 9ª Sinfonia de Beethoven. A entrada é franca.
Jonicler Real salienta que esse trabalho é o ponto de partida para um novo movimento de apreciação de boa música. “Com certeza, em breve descobriremos grandes talentos em nossa comunidade”, observa o maestro, que desde 2013 desenvolve projetos musicais na Universidade. Ele ressalta, ainda, que a partir de fevereiro as inscrições estarão abertas para novos integrantes da orquestra.

Serviço:
Evento gratuito: Estreia da Orquestra Comunitária Universidade Brasil-Obra Dom Bosco Itaquera
Quando: sábado, 14 de dezembro, às 17h00 (após a missa das 16h00)
Onde: Igreja Nossa Senhora Aparecida – Rua Álvares Mendonça, 521 – Itaquera
(em frente à Obra Social Dom Bosco Itaquera)



Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br