Muitas lesões podem ocorrer pós Pandemia

16 de setembro de 20204471
Na volta às atividades físicas, os cuidados com as lesões no joelho precisam ser redobrados

Depois de mais de cinco meses de interrupção, devido à pandemia do coronavirus, a prática de atividades físicas, começa a voltar ao normal no Brasil e o esporte de alto rendimento também começa a retomar seu ritmo no mundo.

Aos poucos, as grandes ligas esportivas estão se organizando e retomando os calendários interrompidos no final de fevereiro e início de março.

Apesar do retorno de muitas modalidades, aquelas praticadas em centros urbanos, academias e as próprias maratonas e corridas de rua, ainda estão se estabilizando, cada uma a seu tempo, de acordo com os decretos estabelecidos em cada cidade, e por isso, também precisam se preparar para alcançarem o seu melhor ritmo com o menor risco de traumas, em seu retorno total.

Um dos principais desafios para esse retorno é a preparação dos atletas, profissionais e amadores, depois de mais de três meses sem exercícios adequados para atividades de alto rendimento.

Sem tempo para uma preparação adequada e uma pré-temporada completa, o risco de lesões é alto e alguns cuidados especiais precisam ser tomados.

“Depois de muito tempo parado, as lesões são um ponto de muita preocupação, pois o esporte de alto rendimento exige muito do físico dos atletas. Para reduzir os riscos é muito importante que aconteça uma preparação prévia com o aumento gradual de atividades, até que encontrem o ritmo e condição física ideal.” – Dr. Samuel Lopes, médico ortopedista, especialista em traumas do esporte.

Fazer atividade física regularmente e praticar esportes é extremamente saudável e muito importante para a qualidade de vida, porém muitas dessas atividades e esportes, exigem muito do joelho. Essa exigência, acaba nos colocando em riscos de lesões e por isso, é muito importante, principalmente neste retorno, a prevenção.

Especialista em Trauma do Esporte e em Cirurgias do Joelho, o Dr. Samuel Lopes, vai nos dar três estratégias importantes para a prevenção de lesões na prática esportiva:

#1 FORTALEÇA A MUSCULATURA

Músculos mais fortes ajudam a diminuir a sobrecarga sobre a articulação e sobre estruturas como os tendões, que são uma sede muito frequente das lesões, em especial naqueles esportes que tem associação com a corrida, os de impacto e os de repetição.

O músculo da região anterior da coxa, o quadríceps é um músculo muito importante, mas ressalta-se a importância de outros grupos musculares como o complexo posterolateral do quadril, sendo neste o caso o glúteo médio o mais importante, os músculos do core abdominal e, também os músculos intrínsecos do pé. Todos devem ser trabalhados quando falamos de proteção do joelho e dos movimentos que os esportes e as atividades físicas demandam, ressalta o Dr. Samuel Lopes.

É importante entender que cada Esporte vai demandar para o joelho, um treino específico e para isso, o acompanhamento profissional para montar uma ficha de treinamento, exercícios e estratégias mais adequadas para cada pessoa, é fundamental, bem como o fortalecimento muscular é imprescindível para a prevenção destas lesões.

#2-FAÇA AQUECIMENTO ANTES DA ATIVIDADE FÍSICA

Muitas pessoas associam a prática do alongamento antes do exercício físico, como uma estratégia para prevenção de lesões, mas não existem trabalhos que apontem a real eficácia dos alongamentos antes dos treinos para a prevenção de lesões.

Por outro lado, um aquecimento dinâmico, ou seja, movimentos que preparem o corpo, as estruturas musculares e as articulações para realização das práticas esportivas, vão te proteger das lesões.

Para a prática de corrida, crossfit, futebol e futevôlei, dentre outros, os movimentos específicos dos músculos e articulações que você mais vai utilizar durante a prática, são recomendáveis. Ainda que sejam movimentos de alongamento, estes precisam ser mais dinâmicos para aquecer o corpo e também aumentar a frequência cardíaca, ajudando o indivíduo a ficar pronto para realizar a atividade em questão.

#3- FAÇA EXERCÍCIOS PROPRIOCEPTIVOS

É muito importante a associação de exercícios proprioceptivos à sua rotina de treinos.
Propriocepção é um termo médico que define a capacidade do corpo em reconhecer a sua posição e a sua relação com o espaço.

A partir dessa propriedade, ou seja, fazer com que nosso corpo se localize espacialmente, conseguimos realizar movimentos sem que tenhamos que olhar o tempo todo para onde estamos indo ou para onde vamos pisar.

Conseguimos realizar repetição de gestos específicos ao longo das atividades, sejam elas cotidianas ou mesmo nas atividades esportivas, explica o especialista, Dr Samuel Lopes.
Trazendo para parte prática do dia a dia dos esportes, seria desta forma: Um corredor de rua está numa trilha e encontra um obstáculo. Com a prática de exercícios proprioceptivos, ele facilmente muda de terreno, o corpo se adapta ao tornozelo, ao pé, aos pequenos giros, o corpo entende a superfície e ele consegue realizar aquela atividade com as articulações e o corpo mais protegidos.

Quando se está mais treinado em relação à propriocepção, ao controle do movimento e ao seu equilíbrio, ficamos mais longe de ter entorse do joelho ou entorse do tornozelo.

Neste caso, estamos falando da prevenção de lesões na corrida, mas o mesmo vale para qualquer esporte, como o levantamento olímpico, o arremesso, com treinos específicos de acordo com a modalidade e gesto esportivo realizado. Quando se associa velocidade, deslocamento, trocas de direção ao longo das atividades, quanto maior a capacidade de reconhecimento espacial, de resposta aos terrenos e aos contatos, ou seja, a propriocepção, mais longe está de ter uma lesão.

Para quem quer evoluir nos esportes ou mesmo quem já teve uma lesão ou está no processo de reabilitação, é preciso inserir exercícios em que haja instabilidade, mudanças de direção, superfícies instáveis para que a resposta neurossensorial seja treinada, a fim de que haja uma melhora da capacidade proprioceptivo da pessoa.

E para quem nunca teve uma lesão, fazer esse tipo de trabalho também vai atuar na prevenção da ocorrência de uma lesão.

 

Prepare-se e Previna-se!
Esta é a hora.

Dr. Samuel Lopes,
médico, especialista e referência
em trauma do esporte

 

Veja mais matérias em nosso portal 

Alexandre Bueno

Jornalista/Editor Geral


One comment

  • Manuel Carlos de Sousa

    25 de setembro de 2020 at 16:51

    Excelente matéria, ainda mais aos amadores que ficaram parados e acham que podem voltar com tudo!

    Reply

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br