Quase metade da população paulistana está sedentária, mostra pesquisa

7 de outubro de 2019820
Dados do Ministério da Saúde mostram que, nos últimos 13 anos, o índice de obesidade no Brasil aumentou 67,8%

Mesmo sabendo que a prática regular de atividades físicas é uma das maneiras mais eficazes de combater fatores de risco como obesidade, hipertensão, diabetes e colesterol, quase metade da população paulistana não praticou qualquer exercício nos últimos 12 meses. O importante alerta foi divulgado em pesquisa da Rede Nossa São Paulo, apresentada no final de setembro.
De acordo com o Dr. José Francisco Kerr Saraiva, presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, é preconizado pela Organização Mundial Saúde (OMS) que praticar ao menos 150 minutos de atividade física por semana já agrega benefícios à saúde. “Hoje, sabemos que os exercícios são fundamentais para a redução de índices de fatores de risco a problemas cardiovasculares, como colesterol e hipertensão. Além disso, diminuem o cansaço, melhoram a qualidade do sono, controlam o estresse e aumentam a autoconfiança e o bem-estar”, diz o especialista.
Segundo o levantamento, apenas 37% dos paulistanos praticam esporte ou fazem exercícios físicos; 15% praticaram nos últimos 12 meses, mas não atualmente; e 48% não praticam e nem praticaram nesse período. Vale lembrar que atividades como corrida ou caminhada, bicicleta, além da natação, consideradas aeróbias, melhoram a circulação e a respiração. A musculação fortalece os músculos e ossos, além de contribuir para o controle do peso corporal. Antes de iniciar qualquer prática esportiva consulte um médico.
Dados atuais do Ministério da Saúde mostram que, nos últimos 13 anos, o índice de obesidade no Brasil aumentou 67,8%. O problema já alcança 19,8% da população. Ou seja, um a cada cinco brasileiros pode ser considerado obeso, com maior recorrência nas mulheres: 20,7% da população feminina apresentam obesidade, contra 18,7% dos homens.
A pesquisa da Rede Nossa São Paulo mostrou, também, que as mulheres são as mais sedentárias: 64% delas não praticam atividades físicas. A falta de tempo (39%) é o principal motivo apresentado. Questões econômico-financeiras (24%) e preguiça e desmotivação (20%).
“Precisamos estabelecer na nossa rotina a prática da atividade física. Qual é o exercício recomendado? Aquele que você consegue fazer com regularidade e prazer. As doenças cardiovasculares tiram a vida de 360 mil brasileiros por ano. Porém, ao mudar hábitos e nos afastarmos dos fatores de risco, podemos sim mudar essa realidade ”, afirma Dr. Saraiva.

Alexandre Bueno

Jornalista/Editor Geral


Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Sobre


O jornal Infoleste surgiu em Maio de 2012, com o propósito de agregar e fortalecer a imprensa regional e, ao mesmo tempo, ser um canal entre a comunidade da Zona Leste e os órgãos públicos, levando até eles as reivindicações da população e trazendo as respostas dos órgãos competentes.


Rua Rio da Bagagem, 78 – Vila Matilde – São Paulo – SP

(11) 2654-0983

atendimento@infoleste.com.br